BLOG

ENTENDA PORQUE É RENTÁVEL INVESTIR EM ENERGIA SOLAR

A energia solar vem ganhando cada vez mais espaço e muita gente se pergunta se vale mesmo à pena investir. Nós escrevemos esse artigo para que você entenda porque é rentável ter o seu próprio sistema de geração de energia e acabe com suas dúvidas de uma vez por todas.


Uma forma de energia que vem ganhando mercado agressivamente nos últimos anos é a energia solar, esta modalidade que usa da luz do sol para gerar energia desperta cada vez mais interesse nos investidores.

No Brasil, a produção de energia por meio sustentável vem tomando força à cada ano que passa, devido ao fato de que o país possui uma geografia e clima propícios para usufruir desta prática.

No mercado são encontradas várias empresas que prestam este tipo de serviço, detentoras de equipamentos com a mais alta tecnologia e que também facilitam os trâmites da legalização para este fim energético.

Com o interesse crescente pelo assunto e devido às dúvidas que surgem à respeito do valor do investimento e se é compensatório empreender no ramo das energias renováveis, este artigo foi criado para facilitar a absorção de conhecimentos sobre o tema com os tópicos a seguir.

Recente redução no custo do investimento

Com a alta no valor das contas de energia dos últimos anos, reflexo do aumento das taxas de bandeiras tarifárias, geração e distribuição das concessionárias, a procura por meios sustentáveis de se obter capacidades de trabalho consideráveis progrediu.

O investidor e o consumidor passaram a se atentar mais ao fato de que os gastos com impostos vindo das geradoras e distribuidoras equivalem a cerca de 45% (quarenta e cinco por cento) dos valores nas contas de energia.

Sendo assim, o mercado das renováveis acelerou, a demanda aumentou e com isso os custos de investimento foram reduzidos para equilibrar a livre concorrência entre as empresas prestadoras do serviço. Uma das fontes de geração de energia limpa que tem tido destaque no mercado é a energia solar.

Prova disso é o número atingido no Brasil, chegamos 1 gigawatt (GW) de potência instalada em sistemas de microgeração e minigeração solar fotovoltaica. De acordo com dados da Absolar, hoje possuímos em nosso país 93.597 sistemas solares fotovoltaicos conectados à rede correspondentes a 117.312 unidades consumidoras com mais de R$5,6 bilhões em investimentos acumulados desde 2012.

Excelente relação entre custo e benefício

Algumas pessoas ainda acham que é caro investir em energia solar considerando o valor de investimento como alto, mas a relação entre custo e benefício é ótima devido a alta no mercado consumidor.

Aplicar dinheiro no investimento de um sistema fotovoltaico em um empreendimento pode parecer algo complicado, pois requer do investidor uma análise e planejamento dos lucros e gastos minuciosos, mas o receio pode ser diminuído pelos fatores explicados a seguir.

Desde o primeiro mês de investimento nos modos sustentáveis, os gastos com as distribuidoras podem diminuir até cerca de 95% (noventa e cinco por cento) e em torno de 60 meses (5 anos) o valor debitado pelo cliente no investimento retorna como forma de economia nas contas de energia, representando uma rentabilidade após o ROI (retorno sobre o Investimento).

Colocando isso na balança de investimento, o custo torna-se superficial em relação ao benefício, levando em consideração o fato de que uma fonte de energia renovável obtém uma qualidade maior de abastecimento e gera mais potência para ser consumida.

Upgrade empresarial acompanhando as tecnologias do mercado

Gigantes de mercado como Amazon, Google, Apple, Walt Disney Company e etc. utilizam de fontes renováveis para gerar energia para suas empresas, principalmente a solar. A Disney inaugurou no final de 2018 uma usina solar no formato da cara de seu personagem mais famoso, o Mickey.

Acompanhar as tendências de mercado em relação às últimas tecnologias e recursos eleva sua empresa à patamares competitivos com marcas agressivas no mundo.

Hoje a atual tendência é o investimento nas fontes sustentáveis de geração de energia, devido à preocupação com o meio ambiente em geral, economia e a maior autossuficiência de trabalho, sem sobrecarga de impostos nas empresas.

Devido a este fator, o provável investimento em fontes renováveis eleva o negócio ao topo da cadeia empresarial, tanto em fatores econômicos quanto em tecnologicos, aumentando a notoriedade empresarial.

Prioridade para linhas de créditos em energias sustentáveis

Hoje os bancos trabalham com linhas específicas de crédito para quem quer investir em energia solar fotovoltaica. Essas linhas de crédito podem variar para pessoa física, pessoa jurídica ou rural.

Panorama de mercado consumidor favorável

O mercado da modalidade fotovoltaica no Brasil cresce em ritmo acelerado. Os maiores consumidores são sistemas residências, com 73,3% do total, os quais acabam sendo mais afetados pelos aumentos nas contas de energia. Já para os demais setores os números ficam assim: empresas dos setores de comércio e serviços (17,3%), consumidores rurais (5,5%), indústrias (2,8%), poder público (0,6%) e outros tipos, como serviços públicos (0,1%) e iluminação pública (0,01%)

Levando em consideração todos os tópicos e argumentos apresentados no artigo, investir em energia renovável em especial a solar atualmente se mostra um empreendimento, apesar de alto inicialmente, extremamente lucrativo e compensatório, com propostas de lucros altas e mercado consumidor em constante desenvolvimento.

Gostou do artigo e se interessou? Acesse nosso simulador solar e descubra qual seria o valor médio do seu possível sistema de energia solar fotovoltaica.

Dúvidas ou sugestões fale com a gente:

Tel. Matriz Londrina: (43) 3304-2355

Tel. Filial Ourinhos: (14) 3026-8323

E-Mail: contato@bonofotovoltaico.com.br