BLOG

TUDO SOBRE MÓDULO FOTOVOLTAICO - TEM ALGUMA DIFERENÇA?

O uso de painéis solares está crescendo em popularidade entre os proprietários de imóveis e empresas. Esta opção ecológica pode ajudá-lo a aquecer e a alimentar energeticamente sua casa sem se basear totalmente na eletricidade gerada por combustíveis fósseis. Saiba tudo sobre painel solar e conheça as diferenças entre os tipos existentes.

Especialmente em climas secos e ensolarados, os painéis solares são surpreendentemente úteis e eficientes. Se você está considerando adquirir um sistema de energia fotovoltaica para sua casa ou empresa, é extremamente necessário saber em qual opção apostar e saber como diferenciar os tipos de painéis.

O funcionamento dos painéis solares é cientificamente explicado. Essencialmente, os painéis solares funcionam usando o que é conhecido como o "efeito fotovoltaico”, ou seja, o efeito causado por alguns materiais que emitem corrente elétrica quando expostos à luz.

Isso ocorre porque a energia nos fótons, ou partículas de luz, excita os elétrons de valência nos átomos do material, que se tornam livres e saltam para uma nova camada. Embora o efeito fotovoltaico tenha sido descrito pela primeira vez em 1839, as células fotovoltaicas (solares) eficientes e úteis são um descobrimento muito mais recente.

Os 4 principais tipos de módulos fotovoltaicos: saiba tudo sobre eles

Hoje em dia, o avanço tecnológico levou-nos a painéis solares acessíveis que podem ser utilizados em residências, comércio, indústrias - um passo importante no processo da humanidade para avançar em relação a fontes de energia mais sustentáveis do que o carvão, o petróleo e outros combustíveis fósseis.

Confira um breve resumo dos principais tipos de painéis solares, aprendendo tudo sobre painel solar e adquirindo maiores informações sobre seus benefícios relativos e seu funcionamento.

  • Painéis de silício monocristalino: Também conhecidos como painéis solares de "silício único", eles são frequentemente considerados como o tipo de painel mais eficiente atualmente disponível para o aproveitamento da energia solar.

Os próprios painéis são cortados a partir de barras simples de silício cristalino. A rede de cristal é uniforme e ininterrupta. Daí vem o seu nome. Eles funcionam melhor com a luz do sol incidida de forma direta, ou seja, com o sol brilhando diretamente sobre eles.

  • Painéis solares policristalinos: são feitos de vários cortes de silício dispostos em blocos. Eles não são tão perfeitamente alinhados, especialmente em relação aos painéis monocristalinos.

Esta é uma vantagem, uma vez que, com peças com orientações ligeiramente diferentes, elas podem funcionar melhor do que painéis de silício simples em baixa luz ou em diferentes ângulos de iluminação.

  • Painéis híbridos: possuem uma camada extra amorfa diretamente atrás do silício monocristalino. Eles são altamente eficientes e economizam espaço, uma vez que a camada extra absorve energia também extra, inclusive em ambientes com pouca luz.
  • Energia fotovoltaica integrada em edifícios (BIPVs): Este tipo de painel solar pode ser feito para se parecer mais com material de cobertura regular do que outros tipos de painéis. No entanto, eles também são menos eficientes e mais caros do que outras opções de energia solar.

Saber tudo sobre painel solar é uma excelente opção para os proprietários interessados em investir em uma solução de energia eficiente, porém ecológica que pode oferecer incríveis resultados a médio/longo prazo.

Mais detalhes para saber tudo sobre painel solar

Um painel solar gera corrente contínua. Para poder usar esta corrente na sua casa ou reutilizar o excedente, ele deve ser convertido em corrente alternada. Isso é feito através do inversor que está integrado no circuito elétrico próximo aos painéis solares.

- A capacidade de uma instalação solar é expressa em watt pico (Wp). Esta é a capacidade elétrica máxima que uma célula solar pode produzir em circunstâncias ideais, ou seja, com o painel solar direcionado ao sol em um céu sem nuvens.

- A orientação ideal para painéis solares é virada para o norte. Se os painéis estiverem instalados entre o Nordeste e Noroeste, a perda de produção é de 5%. Se os painéis estiverem instalados fora desses limites, a perda aumenta rapidamente. Isso significa que cada parte do mundo possui uma angulação ideal.

Na cidade, muitas vezes é difícil ter mais espaço disponível para adicionar uma quantidade maior de painéis solares. Nessa hora, mesmo sabendo tudo sobre painel solar, não é possível quantificar as necessidades exatas em termos de quantidades a serem colocadas.

Por isso, é essencial procurar sempre um profissional para confirmar as reais vantagens ao se apostar no uso de painéis solares nos espaços disponíveis para uso, para não acabar gastando dinheiro com uma quantidade que não vão fazer uma diferença significativa em seus gastos – ou mesmo no meio ambiente.

Agora que você sabe tudo sobre painel solar, invista em adicionar essa opção no ciclo energético da sua residência, comercio ou indústria, apostando em economia e em espaços mais sustentáveis para as futuras gerações.

Procure por uma empresa especializada, fale com a Bonö Fotovoltaico.

  • contato@bonofotovoltaico.com.br
  • www.bonofotovoltaico.com.br/orcamento
  • Londrina (PR) - Rua Anita Garibaldi 25 - (43) 3304-2355
  • Ourinhos (SP) - Av. Horácio Soares de Sá 55 - (14) 3026-8323
  • Primavera do Leste (MT) - Av. Cuiabá 1630 - Sala 4 - (66) 99614-1745